minha mão na sua bunda é tipo maktub: estava escrito, ou melhor, tinha que acontecer ✓

“se é superfície
e é “rabiscável”
mãos à obra:
verso e/ou prosa”
~ Daniel Matos  (via secretaria-da-morte)

“Toda
alma
almeja
atracar
em um
corpo seguro.”
~ Eu me chamo Antônio.  (via conjutivo)

“É na madrugada
Que a tristeza aflora
E surgem os melhores versos.”
~ Caos | 1965.    (via canalhacharmoso)

“A vida é um jogo feito para todos
E o amor é um prêmio.”
~ Rascunhos.    (via canalhacharmoso)

Va com calma, sossege a alma.

“É tolice alimentar o ódio.”
~ Eclesiastes 7.9   (via conjutivo)

“Amor não acaba. Filmes acabam, balas acabam, dias acabam, beijos acabam, noites acabam, chocolate acaba, o assunto acaba, a paciência acaba, a vontade acaba - desejo diminui. Mas o amor não. Ele entra em coma, fica fraco, doente e, se for o caso, morre. Amor não é um sentimento, um fato, um objeto. Amor é uma vida, é algo que sai da compreensão humana, científica, racional. Amor não começa e acaba. Amor nasce e morre.”
~ Anônimo (via conjutivo)

“Que os ventos levem embora essa saudade que insiste em ficar.”
~ Infinito Particular (via conjutivo)

“Sou isso
sou aquilo
sou abrangente
sou vazio
sou tudo
sou nada
sou mar
e me afogo
e rio
como se viver
fosse uma piada
sem graça.”
~ nevou. (via mafagafios)